Tecnologia do Blogger.
RSS

Paris



Paris!!!

     Oi gente!! Outra viagem em cima da hora, essa ainda mais... Em maio tem feriado na Holanda, então muitas aupairs acabam tendo uns dias de folga também. Minha hostfamily escreveu no calendário que eu trabalharia no dia 10 (um sábado) bem no meio de um feriado, então não pesquisei  nem planejei nenhuma viagem. Mas acontece que uma semana antes eles mudaram o calendário e descobri que teria de quinta a domingo de folga e pensei que teria que ficar em casa 4 dias sem fazer nada, pois passagens já estavam caras e tudo o mais!

     Já estava bem convencida a ficar em casa ou conhecendo a Holanda mesmo, mas no domingo antes do feriado a minha host falou que não teria outro feriado tão cedo e que eu deveria fazer algo, viajar, sei lá. Então pesquisei os preços de novo pra vir pra Paris e não estava muito barato. Eu também não queria vir sozinha para Paris, ainda mais de última hora. Mas postei lá no grupo do facebook e a Yasmin me chamou pra me juntar a ela e a Shana. Então comecei a animar e resolvi vir, pois não teria outra oportunidade pra ficar 3 dias inteiros em Paris tão cedo. Paguei um pouco mais nas passagens (de ônibus) comparado com o que muitas pessoas pagam, mas nada absurdo. E ahhhhh, claro que vir pra cá foi a melhor coisa que fiz!

Companhia: Shana e Yasmin. A Shana é belga e está aprendendo português, o que é uma graça e nos rendeu altas risadas!!!

     Como a maioria das vezes, fiz couchsurfing de novo e claro que tudo correu super bem! As pessoas estranham, mas couchsurfing é uma comunidade tão boa pra fazer amigos, conhecer gente de todo o mundo, e claro que acaba economizando uma boa grana com hospedagem né. Mas o legal é que você conhece pessoas locais, que pode te dar dicas da cidade, te levar pra lugares diferentes. Dessa vez fiquei na casa de um artista; dançarino, ator, cantor, acho que sabia fazer um pouco de cada coisa! Hahha Pena que estava trabalhando e não deu pra sairmos juntos, mas mesmo assim pudemos conversar um pouco a noite.

     Voltando a Paris, só pude ficar três dias, pois não tinha mais ônibus para voltar na tarde de domingo e a noite não poderia, pois já trabalharia na segunda cedinho de novo. Então fui na quarta a noite e estou voltando agora, sábado a noite. Vocês já viram que adoro escrever no meio de viagens né! Hahah Vim de Eurolines que é uma companhia de ônibus super barata, mas meldels, é tudo uma zona! Pra começar quando vim na quarta não pude ficar no mesmo ônibus que a Yasmin, pois não fizemos check in juntas e depois não queriam me trocar de ônibus (tinha uns 5 ônibus no mesmo horário para o mesmo destino). Depois pra entrar no ônibus é uma confusão, ninguém faz fila e fica todo mundo empurrando e amontoado na porta O.o Não seria melhor ter lugar marcado pela internet mesmo e pronto?! Tudo seria tãoooo mais fácil! O ônibus não tem espaço nenhum quase, e o lugar em cima das poltronas para colocar malas é muito estreito! Não tem como colocar mala nenhuma na verdade! Sorte que peguei a poltrona lá do fundo e  dava pra colocar a mochila atrás. Outro problema era o banheiro que não funcionava. Eu tinha deixado pra ir no banheiro do ônibus e depois tive que esperar duas horas pra ele parar e poder ir no banheiro, peloamor! Aiai pelo menos a volta está boa! Foi tudo mais fácil, o banheiro funciona, o ônibus não está lotado, e tenho duas poltronas pra mim! Uhuull o/ Mas agora chega de falar de ônibus né, vou escrever sobre Paris!!!


Primeiro Dia

Notre Dame

     Chegando em Paris encontrei a Yasmin e a Shana e fomos pegar o metro pra ir pro hostel/casa. Um ano na fila pra comprar os tickets, e aí já começamos a pagar mico. Geeeeente, tentamos umas mil vezes colocar o bilhete e nunca dava certo. Todos olhando pra nós e a gente só morrendo de rir de vergonha e de nós mesmas, até que uma hora tentamos empurrar a catraca e a portinha que tem na frente e deu certo! Claro, tão óbvio ahahha.

Gárgulas Notre Dame

     Depois de deixar a mochila em casa, eu encontrei as meninas na Notre Dame e? Filaaaaa! Paris tem fila pra toooodo lado, e são filas gigantes, mas não tem como escapar delas. Lá fomos nós pra fila, vimos a Igreja por dentro e fomos enfrentar a outra fila pra subir na Torre.  Outra coisa que Paris tem muito são subidas e escadas pra todo lado e lá fomos nós na primeira escada gigante. Mas claro que valeu muuuito a pena. A visão lá de cima é incrível; da pra ver Paris toda e também as gárgulas da Igreja de perto, muito legal.

Vista da Catedral

     Após Notre Dame resolvemos andar até a Conciegerie, uma prisão de antigamente onde muitas pessoas esperavam para serem decapitadas =X Só que passamos o lugar e já estávamos quase no Louvre quando reparamos. Como elas não queriam voltar, fui lá sozinha e fiquei de encontrá-las depois. Do lado da Conciegerie tinha a La Chapelle onde deu tudo errado e só me fez passar estresse! Eu nem queria muito ir lá, mas não estava achando a Conciegerie (que era um pouco pra frente) e resolvi ficar na fila. E fiquei, por uns 40 minutos para depois a mulher da bilheteria não me deixar entrar sem pagar! Em Paris quem é residente na União Europeia pode ir em todos os lugares sem precisar pagar, pois quem mora na Europa e tem menos de 26 anos tem acesso livre a esses lugares. Só que a minha identidade holandesa não está pronta ainda  e só estou com meu passaporte, que tem um visto de 6 meses. Mas se eu fosse turista eu teria um visto de 3 não 6 meses, além do mais o tipo do visto é pra morar! Mas ela não quis aceitar de jeito nenhum e eu não ia pagar já que tinha o direito de entrar sem pagar! Sem contar que ela foi super grossa, falando que o problema era meu e não dela e blablabla, só me estressei e perdi meu tempo! Um outro carinha lá que estava vendendo os áudio guias tentou me ajudar chamando o diretor sei lá, mas eu já estava cansada e diretor começou a falar que quem tinha acesso era estudante e que eu não tinha carteirinha e não sei o que mais. Além de eu mesma saber estava escrito num cartaz gigante lá na frente que era para moradores, não necessariamente estudantes, mas eu desisti, pois nem em inglês não tinha como argumentar porque eles não falam! Só sei que me deu muita raiva na hora. Logo depois fui na tal da Conciegerie (que na verdade não tem nada dentro) e não tive problema nenhum para entrar com meu passaporte, assim como TODOS os outros lugares de Paris. Agora falar em La Chapelle pra mim é impossível.

Rio Sena

     Voltando pro resto do meu dia, fui encontrar as meninas. Antes passei na frente do Louvre, no Jadin du Tuileries e encontrei elas na Lock Bridge, Pont des Arts. Essa ponte é famosa pois o povo começou a colocar um monte de cadeados de amor e a ponte só tem isso agora! Tinha um casal de noivos lá tirando foto, uma graça. Essa região em si já era muito bonita, com o Rio Sena passando em baixo. Engraçado que tinha uns caminhos pra baixo em sentido do rio que acabavam no próprio rio, e não tinha proteção nenhuma! Hhaha

Pont des Arts

     Esse primeiro dia foi bem cansativo. Ninguém dormiu direito no ônibus. Chegamos 6h da manhã em Paris e praticamente depois já saímos para turistar. Então depois da Ponte, quando era apenas umas 18h da tarde já resolvemos voltar pra casa pra descansar. E nossa, eu estava muito morta mesmo, não conseguia fazer mais nada!

Segundo Dia

Pirâmide Louvre

     Este dia começamos com o Louvre. Nos encontramos na entrada Carroussel do Louvre, e a Yasmin disse que viu num site que tem uma 'entrada num toldo vermelho' que não tem tanta fila como na entrada da pirâmide. Bem que resolvemos procurar essa entrada e entramos na primeira entrada vermelha que vimos, logo a seguinte porta da que estávamos. Só pagando mico mais uma vez, entramos lá pensando que era o Louvre (Y) Mas era um outro museu, com bijoux e moda, naaaaada ver com o que estávamos querendo ver, até que meia hora depois finalmente nos tocamos que NÃO era o Louvre!!!! Kkkkk Tongas demais, mesmo! Não tinha nem poha de toldo nenhum nessa entrada, a entrada certa era a que estávamos antes, a do Carroussell!!!!!! Tanto que tinha sim um toldo vermelho na frente, não só faixas vermelhas como no outro lugar que fomos. Mas beleza, depois de perder umas 2h horas nessa brincadeira finalmente entramos no Louvre. E meldels, é gigante demaaaaais! Acho que ficamos das 11h até umas 14h da tarde lá e não vimos quase nada. Mas claro que vimos a Monalisa, a Venus de Milo (as duas obras mais famosas), outros quadros do Da Vinci, quadros franceses, quadros italianos, estátuas gregas, uma parte medieval do Louvre e também escolhi por ver algumas coisas do Egito Antigo.

Jardin des Tuileries

     Próximo destino foi andar pelo Jardin des Tuileries em sentido ao Arco do Triunfo. Primeiro passamos pela La Madeleine, uma Igreja projetada como templo grego, maravilhosa. Voltando para o caminho até o Arco andamos pela Champs Élysées, avenida mais famosa e cara de Paris. A cada quadra via-se um novo grupo de pessoas dançando, lojas e mais lojas famosas e também beggars pedindo dinheiro. Dei uma paradinha na MAC e estavam preparando uma modelo para uma nova campanha publicitária e gostei de ver... Ela estava toda pintada de verde e os make up artists estavam colando várias perolazinhas nas pernas dela. Gostei de ver que não era uma daquelas modelos-cabide; a roupa era a própria pintura e dava pra ver que ela tinha um corpo normal e não esquelética rsrs. Chegando no Arco do Triunfo subimos, é claro, e é tão legal que Paris tem esses lugares pra subir, pois a vista é sempre incrível. Dava pra ver a Sacre Coeur láaaa de longe. Uma pena que não deu pra ver o Arco a noite, pois deve ser tão mais bonito!

La Madeleine

Arc de Triomphe

Lá no fundo já dá pra ver a Sacre Coeur

     Continuando a nossa caminhada (coooomo caminhamos nesse dia!!) fomos para Torre Eiffel. Já era umas 20h, mas aqui como é horário de verão demora muuito pra escurecer, só depois das 22h! Aproveitamos pra tirar umas fotos e ficar no parque atrás da Torre. Não subimos pois era muito caro =/ Devia ser legal, mas é muito pouco tempo e eu teria a mesma sensação de 'desnecessário' que tive quando fui na London Eye. Jantamos nosso primeiro baguete que compramos ali por perto mesmo, mas este não estava nem um pouco bom!!!!! Duro demais, acho que demorei uma hora pra comer aquilo e só tinha salame dentro! -.- Peloamor. Aí a parte engraçada! Desde que entramos no cercadinho pra sentar na grama uns caras começaram a nos oferecer 'Wine, Champagne, Beer' e não desistiam nunca!!! Sério, mó encheção de saco! Já na entrada uma fila deles tentando te vender, e depois que sentamos a cada dois segundos vinham de novo, inclusive o mesmo cara milhões de vezes. E mesmo dizendo não eles queriam saber porquê, e que era barato, e não sei o que mais. Mas foi muito engraçado, a gente ficava zoando pois nem olhar as vezes não olhavam, só chegavam perto e falavam 'pro ar'! Kkkkk Um dos carinhas começou a nos perguntar como falar certas coisas em português tipo "Como você está?, "Está muito barato, por que não compra?", "É só dez euros", e coisas do tipo para tentar convencer o cliente. Em Paris vi muito disso, povo tentando vender qualquer coisa a todo custo, e só enchendo o saco de quem quer ficar em paz! Como no dia seguinte eu já teria que pegar o bus a noite resolvi ficar lá até escurecer, pois senão não ia conseguir ver a Torre a noite. E é muuuuuuuuuuuuito linda!!! Teve uma hora que ela começou a piscar, logo quando levantamos pra ir embora, aí ficamos mais uma meia hora só olhando. Uma graça! É o símbolo Paris!

Torre Eiffel brilhando!


Terceiro Dia

Sacre Coeur <3

     Reservamos esses dias pra ir nos lugares mais longes e o que faltava da nossa lista (que não deu pra fazer tudinho, claro... Faltou o Jardin du Luxembourg, Jardin du Trocadero e com certeza muitas mais coisas que não estavam na lista). Começamos pela Sacre Coeur. Eu ia encontrá-las nas escadas, mas elas acabaram me encontrando na saída do metro, estávamos no mesmo, incrível como as coisas acontecem não?! No dia anterior no Louvre também encontramos uma outra Aupair brasileira conhecida nossa, mundo pequeno não?! E não preciso nem falar que tem milhões de brasileiros né?! Várias vezes por dia, todos os dias, ouvia um português brasileiro...

     Sobre a Sacre Coeur, acho que é a minha catedral preferida. Na verdade é tão difícil escolher só uma, não tem como! Também amei a Notre Dame que acho que faz muito meu estilo principalmente por causa das gárgulas, mas acho que pela arquitetura em si prefiro a Sacre Coeur. E nossa, é muito linda e imponente lá no alto só com o céu de fundo! Chegamos lá e já demos de cara com os famosos 'african guys' que ficavam em forma de barreira em cada entrada pra escadaria! Genteee que horror, parece que nem sendo grossa com eles eles não param de insistir! A Yasmin estava preparada já, pois leu num blog que eles tentariam colocar a pulseira no seu braço e aí você tem que comprar se não vem um bando deles pra cima de você e não te deixam ir embora! Aí resolvemos sentar na grama para almoçar nossas baguetes (que dessa vez estava uma delícia) e ficar assistindo o show! Muitas pessoas não paravam, mas as que se deixavam levar não tinham mais volta! Haha Primeiro eles fazem voce segurar o fio e começam a trançar a porcaria da pulseira, até que colocam no seu braço e não tem mais como tirar =) Eles amarram justamente pra você não poder devolver, e pelo que olhamos é uns 5euros cada lixo daqueles! Muito zuado -.- Antes de chegar na Igreja também tem uma rua que mais parece a 25 de Março de São Paulo! Igualzinho e com mais coisa ainda, tipo uns grupinhos de gente fazendo um joguinho com 3 círculos pretos que um deles é branco em baixo, aí você aposta uma quantia e se acertar leva o dobro! Eu e a Yas ficamos super tentadas, pois parecia tão fácil e sempre acertávamos, mas é sempre tudo muito fácil pra ser real! Hahaha melhor ficar com meu cinquentinha do que arriscar por cem e ficar com zero! Claro que eles trabalhavam em grupo, e as pessoas que sempre levavam a grana eram os que estavam com o jogador, e quando a Shana começou a falar isso pra gente nos expulsaram! KKkkk Voltando para a Sacre mais uma vez a vista lá de cima é linda e dá pra ver Paris todinha! Por dentro não tem tanta graça assim, pois é pequena... E isso só me faz lembrar o quanto me arrependo de não ter entrado na St Paul's Cathedral de Londres, pois é mil vezes maior que a Notre Dame e deve ser perfeita... aiai =/

Saindo da Igreja fomos andar pelo Montmartre, bairro famoso em Paris, cheio de restaurantes e bristrôs, e também o bairro do Moulin Rouge que era para onde estávamos indo. No caminho passamos na frente do Café des 2 Moulins o café do filme da Amélie Poulain. Tiramos fotos na frente do Moulin Rouge... ao lado tinha o La Diva onde tiramos essa foto super sensual - sqn! Hhahhaha

Divasss -sqn!

     Pegando o metro (nesse dia não fizemos tudo andando pois os lugares eram mais longe) e fomos para o Cimetière du Père-Lachaise. Claro que a ideia foi minha =P É o cemitério de alguns famosos como Frederic Chopin, Allan Kardec e Isadora Duncan. Além de eu já gostar de cemitérios por natureza (é rsrs) esses 'artistas' significam algo pra mim. O cemitério até que é bonito, mas muito destruído, pois obviamente é muuuito antigo. Ainda prefiro o Municipal de Curitiba! Hhahaha Mas ahh lembrei do Highgate de Londres que NÃO fui porque não deu tempo =/ Aquele parece ser mais bonito (com túmulos da época vitoriana) e tem uma tal parte mais misteriosa que só dá pra ir com guia... Em  Londres ainda tem muuuitas coisas que eu queria ver, e já que não paro de mencionar Londres aqui já vou falar que prefiro Londres a Paris! Paris é uma cidade romântica demais, e para mim que estava sozinha acho que isso fez com que eu não gostasse tanto assim. Mas não é só isso, achei Londres muito mais bonita, mais meu estilo, mais tudo! E as pessoas podem ser frias, mas não grossas que nem em Paris. Sem contar o povo chato querendo vender coisas a todo custo, e com menos beggars também, pelo menos ao que eu percebi!

Cemetière du Père-Lachaise

     Depois do cemitério voltamos para Tour Eiffel dar uma última olhadinha antes de ir embora rsrs e em seguida andar pelo Rio Sena e Lock Bridge. Lá pelas 19h dei uma última andada por volta do Louvre e Jardin des Tuileries, voltei para pegar minha mochila e fui pegar o bus =) O de volta foi tão melhoooor! Muito mais organizado para pegar o ticket, ninguém sentou ao meu lado até o fim da viagem, e colocaram um arzinho quente então não passei frio xD Já pude ficar em Utrecht (pois passava lá antes de ir pra Amsterdam) o que foi muito mais prático pra mim, o problema é que o ônibus chegou lá umas 5h30 da manhã e só tinha trem pra ir pra casa as 7h30!!!! Tenso, mas fiquei dentro do Starbucks da estação que é mais quentinho e aproveitei pra assistir mais um episódio de Dexter. Gente, pensei que ia ter MUITO tempo livre aqui. Trouxe milhões de livros, séries pra assistir, tudoo.. Mas a questão é que acabo nunca ficando em casa nos finais de semana e mesmo quando fico só fico na internet, skype, escrevendo pro blog (vocês não tem noção de quanto tempo eu levo!), pesquisando sobre lugares pra viajar, preços, hostels, passagens (acho isso é o que leva mais tempo nessa vida... é muuuuita coisa pra programar!). Mas já tenho várias séries e filmes na lista pra serem assistidas e não vejo a hora. Inclusive de terminar Dexter <3 Hahahah

Jardin des Tuileries

     Então é isso! Eu gostei muito de Paris, mas não é tudo pra mim. Agora amar eu amei Londres, Edimburgo.. UK! Nada ver como vão ficar a ordem das coisas agora mas vai demorar pra eu terminar o post sobre "Londres & a viagem de 11 dias..." HHAHAHA então já vou postar esse mesmo já que estava mais fresco na memória para escrever! Mas aguardem que Londres virá! *-* Hhauhahuhau


Beijos e saudades,

Patricia.


P.S.: Próximo final de semana (com outro feriado em uma segunda), vou pra Zeeland, uma praia aqui no sudoeste da Holanda, com uma amiga de Eindhoven e os hosts dela!!! Estou ansiosa, quero ver como vai ser! No próximo eu e outras amigas já estamos marcando um almoço a lá brasileira, e nos outros tenho outras pessoas pra encontrar, ou seja, sempre tem coisa pra fazer, não dá pra ficar paraaaaaaada!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

1 comentários:

Nadja disse...

Ai que incríveeeeeel!!! amei demais as fotos e o relato!!!!
como eu queria ter conhecido Paris!!!!

Postar um comentário